Visite Mônaco

Serviços Consulares

Consularização de Documentos

Em 14 de agosto de 2016 entrou em vigor no Brasil a Apostila da Convenção da Haia relativa à supressão da exigência da legalização dos atos públicos estrangeiros.
Desde então, foi eliminado o procedimento de legalização ou consularização dos atos públicos estrangeiros para os países signatários – como é o caso do Brasil e de Mônaco.
Assim, para que um documento público estrangeiro de Mônaco seja reconhecido no Brasil, basta que tal documento tenha a Apostila de Haia, a qual deverá ser obtida no próprio Principado de Mônaco.
Portanto, desde agosto de 2016 não é mais preciso fazer a Consularização de documentos junto ao Consulado.
A Apostila é uma autenticação que garante a procedência de um documento público nacional para ser aceito e válido no exterior, dando certeza de que foi expedido por uma autoridade legítima.

Para mais informações, acesse:
Principauté de Monaco - Faire apostiller un document
Convenção Relativa à Supressão da Exigência da Legalização dos Actos Públicos Estrangeiros

Vistos e Passaportes

O Consulado de Mônaco não realiza serviços consulares relativos à emissão de vistos e de passaportes.
Para mais informações a respeito de vistos e passaportes, entre em contato com o Consulado da França em São Paulo